Campos de Layout do ACF

Os últimos campos a serem falados da versão free do plugin Advanced Custom Fields são os campos de Layout. Assim como os campos de jQuery, eles servem para melhorar a usabilidade no preenchimento dos meta dados. A diferença é que eles não servem exatamente para armazenar conteúdo, e sim para organizar e agrupar diferentes tipos de campo.

O campo de mensagem, por exemplo, serve para armazenar instruções para o usuário. Estas instruções podem ser preenchidas até com HTML, como nas figuras abaixo que usa um cabeçalho H1, uma imagem e parte do texto em negrito.

O primeiro tipo de campos para agrupamento é o campo do tipo Aba. Este tipo de campo não tem muitas opções de preenchimento, pois ele só mostra outros campos separados em uma interface de abas, um padrão de design muito usado. Só é preciso preencher o rótulo, já que ele não será chamado no front-end.

Para organizar os campos basta criar um campo do tipo aba e adicionar outros campos a seguir. Todos os campos seguintes a um campo do tipo aba estarão dentro desta aba, até que outro campo do tipo aba seja criado.

Campos de abas do Advanced Custom Fields

O campo do tipo Acordeão funciona da mesma maneira que o campo do tipo aba, a diferença é que ao invés de seções divididas em abas, os campos estão agrupados em uma interface do tipo acordeão ou sanfona.

Segue o mesmo padrão para criação, ou seja, todos os campos seguintes a um campo acordeão estarão dentro deste acordeão, até que outro campo do tipo acordeão seja criado.

Uma questão que deve ser sempre levada em conta é que os campos de acordeão e aba só servem para organização visual. Portanto, se você criar dois campos em duas abas diferentes com o mesmo nome, um campo substituirá o outro.

Os campos do tipo Grupo de Campos funcionam de maneira um pouco diferente. Pra começar os grupos não podem ser ocultos/revelados, como é o caso das abas e do acordeão. Todos os campos ficam expostos sempre.

O campo do tipo grupo tem, além do rótulo, um nome do campo para ser chamado do front-end. Os grupos funcionam como um array, com os campos internos sendo os itens destes arrays.

No exemplo acima teríamos:

PHP

Campos que podem ser aninhados, como é o caso do campo do tipo Grupo, podem usar um loop próprio do ACF, similar ao loop do WordPress. Mais uma vez usando o exemplo acima:

PHP

Assim como no loop do WordPress, os prefixos the_ e get_ nos dão a dica se a função imprimirá algo (o caso de the_sub_field) ou se irá retornar um valor, para ser usado em uma variável, por exemplo (como é o caso de get_sub_field). Mais informações podem ser obtidas direto na documentação do Advanced Custom Fields.

E estes foram os campos gratuitos do ACF. Na próxima vez falarei sobre as diferenças entre as versões Free e Premium do ACF.

Até a próxima se não for antes.