Criando um plugin para WordPress

No post anterior falamos sobre adicionar uma meta box na interface de criação de posts do WP. O código creiado pode ser colado no arquivo functions.php ou adicionado a um plugin. Veremos agora como transformar aquele código em um plugin para WordPress.

Podemos usar o arquivo functions.php para adicionar funções que irão alterar ou adicionar funcionalidades ao WordPress. O problema é que ficamos presos ao tema: alterando o tema, perdemos todas essas funcionalidades.

É por isso que costumo por no functions.php somente funções relacionadas ao tema ou à parte visual do site. Separando a funcionalidade em plugins, podemos alterar o tema mantendo essas funcionalidades.

Para pegar o código do post anterior e transformar em plugin precisamos criar um arquivo ou diretório dentro da pasta de plugins. No nosso caso, wp_content/plugins/movie-review-actors/movie-review-actors.php.

Nosso código é bem curto e simples, então não há a necessidade de separá-lo em vários arquivos. Caso você esteja criando um plugin mais complexo pode ser interessante criar uma estrutura de diretórios, separar os arquivos PHP, CSS, JS, usar orientação a objetos, etc. O céu é o limite.

Mantendo os pés no chão, temos que adicionar um cabeçalho ao nosso plugin. Esse cabeçalho é um comentário em PHP:

PHP
  • Plugin name: nome do plugin, pode ser o que você quiser;
  • Plugin URI: Endereço do plugin;
  • Descrição: O que seu plugin faz?
  • Versão: versão atual do plugin
  • Author: quem criou
  • Author URI: endereço do autor
  • License: licença do plugin
  • License URI: endereço da licença
  • Text Domain: domínio para ser usado na internacionalização
  • Domain Path: onde devem ser armazenadas as traduções

O único campo obrigatório para podermos instalar o plugin pelo painel de controle do WordPress é o nome. Os outros campos são obrigatórios apenas se você deseja distribuir o plugin no diretório do WP.

Com esse cabeçalho podemos entrar no painel, na área plugins:

Captura de tela do plugin instalado no painel do WordPress

Viu como é simples? O código completo do plugin está disponível em um Gist. Para saber mais sobre a API de plugins do WordPress, faça uma visita à documentação.

Até a próxima se não for antes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *